De pernas pro Ar

Esse excelente filme com a brilhante atuação de Ingrid Guimarães, Maria Paula e Bruno Garcia conta a história de Alice (Ingrid Guimarães), uma mulher bem resolvida, independente e bem sucedida. Trabalha para uma empresa que faz brinquedos para crianças, mas não tem muito tempo para seu filho. Por ser uma workaholic típica, ela acaba deixando sua família de lado. Mas eis que ela é “deixada” pelo marido e perde o emprego no mesmo dia. É aí que ela começa uma jornada em busca de reatar com o marido, ser uma mãe mais dedicada e ter orgasmo.
Sim, orgasmo. Porque Alice passa a conhecer sua vizinha dona de um Sex Shop (vivida pela comediante Maria Paula, que parece viver a si mesma em vez de atuar), e vai aprender que fazer sexo é algo importante na vida que ela vinha esquecendo.
O filme é interessante por diversos motivos. Alice deixa de trabalhar com brinquedos infantis para continuar a trabalhar com brinquedos, porém nada infantis. O filme foge do machismo ao mostrar o marido de Alice (Bruno Garcia) como sensível e que convive bem com o sucesso da esposa (exceto com o vício por trabalho).  O filme fala de sexo na terceira idade, de feira erótica e da importância do orgasmo feminino sem ser vulgar em nenhum momento (mesmo que algumas cenas sejam um pouco constrangedoras – mas ainda assim hilárias).
O filme peca somente por clichês como a maneira que o marido descobre que sua mulher trabalha em um sex shop, a empregada usando um vibrador na banheira e a personagem principal ter um orgasmo com sua calcinha vibratória em público, como no filme hollywoodiano, A verdade nua e crua.
Porém os atores arrasam na atuação, é claro que tem um Q de TV, como todo filme brasileiro, mas é um orgulho para nosso país ter um filme tão bem produzido e assistido. Até os créditos são muito criativos. 2011 começou bem para nossa indústria cinematográfica.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas