My Sister's Keeper



Muitos criticavam Cameron Diaz por só atuar em comédias românticas insonsas, porém em My Sister's Keeper (título em português "Uma prova de amor"- 2009), do diretor Nick Cassavetes, ela consegue provar o seu verdadeiro talento e calar a boca venenosa de todos. Ao lado de Abigail Breslin e Sofia Vassileva nos emociona com uma maravilhosa história que muitas vezes ocorre na vida real, onde sua filha mais velha, Kate, tem um raro tipo de leucemia (Leucemia promielocítica aguda -LPA). No auge do desespero Cameron Diaz larga seu emprego e sua vida para cuidar da filha, não sendo o suficiente decide fazer uma fertilização in vitro para que o bebê, Anna, pudesse ser o doador da filha sempre que precisasse. Quando a menina cresce, o estado de saúde de Kate piora e ela passa a ter insuficiência renal, com isso Anna teria que doar um de seus rins e ter uma vida limitada. Então com o apoio da irmã doente processa os pais para obter emancipação médica e os direitos sobre seu próprio corpo. Enquanto isso, Kate encontra um grande amor que também tem outro tipo de leucemia, um amor lindo, triste e sofrido. O melhor de tudo é que a história nos é contada sobre a óptica de todos os personagens, de todos os envolvidos e não apenas só de Anna ou de Kate. Além disso, o filme não segue uma ordem cronológica e sim uma ordem poética. Ele vai e volta o tempo todo e funciona muito bem, pois o enredo nos surpreende ainda mais. É emocionante, nos mostra a leucemia, o amor adolescente e problemas familiares de uma forma poética e linda! Quem quer se emocionar de verdade e fazer uma reflexão sobre a vida, esse é o filme certo. Aborda um tema pesado de uma forma nova poética. Não é mais um clichê hollywoodiano e sim uma verdadeira obra que contempla a sétima arte!



Comentários

Postagens mais visitadas