Buscando... ou Searching (2018)


Após o desaparecimento de uma jovem de dezesseis anos, seu pai David Kim busca as autoridades locais por ajuda. Depois de trinta e sete horas, David decide invadir o computador da filha para procurar por pistas que possam levar a respostas de seu desaparecimento.


O filme é dirigido por Aneesh Chaganty, que utiliza aqui um recurso pouco usado, mas que torna a trama ainda mais palpável e eletrizante. O recurso chamado Screen life, utiliza todas as formas possíveis da tecnologia para transmitir as cenas, seja pelas telas de computadores, celulares ou programas jornalísticos de televisão. De inicio o recurso parece cansar, é inevitável que haja uma estranheza pela forma que a narrativa é contada, porém no desenrolar da obra, o método faz com que o telespectador fique imerso na história.


Em junção a boa utilização da técnica Screen life, o filme apresenta um roteiro bastante inteligente e usa do que poderia ser uma história batida, num impacto cheio de reviravoltas. É muito interessante acompanhar a história na visão do personagem principal, David Kim (John Cho), é através dele que conseguimos entender a relação com cada personagem do filme, inclusive com sua filha Margot (Michelle La), e ao decorrer da trama, estamos totalmente imersivos ao que David está pensando, seja seus medos, seu desespero e suas desconfianças, você acaba comprando toda ideia que o personagem apresenta.


Buscando... é o tipo de filme que te mantem preso num suspense do inicio ao fim, aborda um assunto importante e atual. Estabelece a relevância da relação humana, do que um trauma pode afetar num comportamento emocional de uma pessoa. Além de desenvolver uma critica extremamente significativa a internet, nos mostrando como cada ação virtual interfere em na vida de outra pessoa.





William Galdino 
@wilgaldino
Formado em Design Gráfico e apaixonado pelo cinema. Atualmente estuda artes cênicas e está sempre disposto a aprender as áreas que envolvem a sétima arte. Fã de diretores como Christopher Nolan, Denis Villeneuve, Martin Scorsese, David Fincher e apreciador de obras que de alguma forma criam impacto para a sociedade. 

Comentários

Postagens mais visitadas